sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Feliz 2018!


Feliz 2018!

São os votos da Equipe Luz Espírita


Que tenhamos mais um ano de grandes realizações e que a graça de Deus e a Luz do Espiritismo se derrame sobre nosso povo! Um Feliz Ano Novo a todos!

Retrospectiva Luz Espírita 2017


Relembre conosco os principais destaques do Movimento Espírita nos últimos doze meses, com cobertura da Luz Espírita.


JANEIRO

No primeiro mês de 2017 a Luz Espírita recheou o conteúdo da Enciclopédia Espírita Online com novos e importantes verbetes, por exemplo, o da biografia de Léon Denis, o apóstolo e continuador da obra de Allan Kardec.


FEVEREIRO

No mês do carnaval, não poderíamos deixar de abordar o tema e as complexidades da festança, como o fizemos no artigo "Carnaval, carnval... a festa dos delírios".

Além disso, em "The Scole Experiment": mais uma surpreendente série de fenomenologia espiritual", expomos uma matéria especial sobre um bem documentado grupo de experimentações mediúnicas na Inglaterra.

E mais: noticiamos a desencarnação do Dr. Jorge Andreia, reconhecido estudioso espírita.


MARÇO

Além de comemorarmos o 9° Aniversário do Portal Luz Espírita e a 100ª edição do nosso newsletter Informe Luz Espírita, trouxemos duas matérias especiais que despertaram muita atenção.


A primeira foi sobre supostos fenômenos paranormais e foi desmascarado pela reportagem do programa Fantástico (Rede Globo): "Sobre o "fantasma do IML", o charlatanismo e o embuste".



ABRIL

O mais querido médium espírita de todos os tempos foi mais uma vez reverenciado em nosso blog pela postagem "2 de abril: aniversário de nascimento de Chico Xavier".

Também deste mês de abril destacamos a matéria "Detalhes importantes sobre a família de Allan Kardec, por Paulo Henrique Figueiredo", um valioso resgate histórico para o Espiritismo.



MAIO

Como não poderíamos deixar de fazer, homenageamos Divaldo Franco pelo seu 90° aniversário, aproveitando o ensejo para lançar sua biografia na nossa Enciclopédia Espírita Online.

E ainda, em tempo com os turbulentos acontecimentos políticos no Brasil, postamos a matéria especial "Politica: "A corrupção atual e a transição espiritual".



JUNHO

No meio do ano, acrescentamos à Enciclopédia Espírita Online os verbetes: "Vampirismo", tema muito recorrente no meio espírita e corriqueiramente citado em estudos e explanações sobre casos de obsessão; e Yvonne Pereira, biografia desta extraordinária personagem do Espiritismo brasileiro e mundial.


JULHO

Em julho, fizemos o lançamento do vídeo Roteiro Histórico Espírita em Paris, um guia audiovisual muito prático com os principais endereços de interesse para a História do Espiritismo, apresentado por Ery Lopes.

No mesmo mês anunciamos a inclusão na nossa Sala de Leitura do livro "Biografia de Allan Kardec" por Anna Blackwell, tradução e prefácio por Rogério Miguez e um epílogo de Jorge Hessen.



AGOSTO

Do mês de agosto destacamos dois posts:

O primeiro, "Terror em Charlottesville e a solução espírita", contendo uma análise sobre questões como racismo e intolerância contra as diversidades terrenas, a partir de um acontecimento numa cidade dos Estados Unidos que chamou a atenção do mundo.

O segundo posto com uma reportagem especial sobre a "Pesquisa Nacional Espírita", trabalho notável empreendido pelo ativista espírita Ivan Franzolim.



SETEMBRO

Neste mês destacamos o lançamento do filme-documentário "Chico Xavier, um amigo", produzido pelo canal ArtEspírita, com direção de Claiton Freitas.

E também em setembro, devemos relembrar o processo no Supremo Tribunal Federal sobre o ensino religioso nas escolas públicas, que acompanhamos durante todo o mês e que teve seu desfecho analisado na postagem "STF permite promoção de crenças no ensino religioso em escolas públicas".

OUTUBRO

Nossa Sala de Leitura recebeu em outubro um acréscimo dos mais significativos: "MUITA LUZ (BEAUCOUP DE LUMIÈRE" de Berthe Fropo", tradução de Ery Lopes e Rogério Miguez. Uma obra histórica e de grande valor para o resgate da historiografia espírita.


E como desdobramento do lançamento daquele livro, tivemos ainda em outubro o post "Biografia de Berthe Fropo pelo artigo 'A mulher que denunciou irregularidades no Movimento Espírita Francês' por Adriano Calsone", enriquecida pela contribuição espontânea de um francês, sobrinho de Berthe Fropo, tocado pelo dedicado trabalho de tradução de "Beaucoup de Lumière".



NOVEMBRO

De novembro relembramos com especial atenção o post "Alerta dos cientistas do mundo para a humanidade: um segundo aviso - a vida na Terra está ameaçada!".

Além disso, tivemos a satisfação de disponibilizar mais dois valorosos títulos literários em nossa Sala de Leitura: "Pensamento e Vida" de Emmanuel por Chico Xavier e "O Espiritismo na Arte" de Léon Denis.



DEZEMBRO

Finalmente, em dezembro nós fizemos mais uma vez o lançamento da "Campanha Natal com Jesus" e trouxemos outras postagens relacionadas com o tema natalino, por exemplo, o lançamento da obra "Antologia Mediúnica do Natal", com poesias ditadas por diversos Espíritos á psicografia de Chico Xavier.

Também neste mês anunciamos para breve o lançamento de mais uma produção da Luz Espírita: o filme-documentário "Espiritismo à Francesa: a derrocada do movimento espírita francês pós-Kardec".

Outro post que merece destaque especial foi "Lançamento de 'EL LEGADO DE ALLAN KARDEC': importante livro de Simoni Privato", livro que promete grande repercussão no meio espírita, especialmente para aqueles mais atentos com a historiografia do Espiritismo. Nesta obra, a pesquisadora espírita Simoni Privato propõe, entre outras descobertas, que o conteúdo original de "A Gênese" de Allan Kardec foi alterada e que, justamente dessa edição alterada é que normalmente se tem feito as traduções atuais daquela importante obra da Codificação Espírita.

Foi-se então 2017 e estamos agora já na contagem de 2018, na firme esperança que possamos acompanhar mais ativamente o Movimento Espírita, contribuindo com a expansão do Espiritismo.

Agradecemos sua audiência no ano que se passou e contamos com sua participação em nossa jornada no ano novo.

sábado, 23 de dezembro de 2017

Feliz Natal de Jesus!


A Equipe Luz Espírita deseja a todos uma excelente celebração de Natal, na expectativa que o aniversariante de honra — Jesus — seja bastante festejado, e que em cada coração brote cada vez mais a consciência da necessidade de nossa constante renovação espiritual no sentido de compreendermos melhor e executarmos com mais eficiência o mandamento cristão, que é a base do nosso curso evolutivo: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo".

Um Feliz Natal a todos!

Lançamento de "EL LEGADO DE ALLAN KARDEC": importante livro de Simoni Privato


O recente trabalho de resgate histórico, feito por diversas frentes de pesquisas, por esforço de vários estudiosos e pesquisadores espíritas de diferentes lugares, tem trazido ótimo resultado e também surpresas — algumas tais que causam certo abalo.

De fato, a História do Movimento Espírita contada e aceita até então não foi bem contada.

Um desses frutos mais recentes é o livro 'El Legado de Allan Kardec", em espanhol, da autoria de Simoni Privato, publicado com o selo da CEA - Confederación Espiritista Argentina.

As informações de que até então dispomos sobre essa obra e sobre a autora são as que encontramos através da videopalestra de lançamento do livro, que, aliás, resume bem o intento do livro.

Acompanhe:



Como se vê, a autora propõe significante reavaliação sobre importantes fatos da historiografia do Espiritismo, por exemplo, alterações indevidas do conteúdo do livro "A Gênese" de Allan Kardec de cuja edição manipulada tradicionalmente são feitas as reedições e traduções lançadas atualmente. A obra propõe também uma solução para a questão do verdadeiro nome de Allan Kardec, dado haver diversas versões de grafia, encontrados em documentos, tendo sido sentenciado oficialmente que o seu nome civil é "Denisard Hippolyte Léon Rivail", conforme os registros do departamento Arquivos Nacionais da França.

Simoni Privato é apresentada como uma brasileira, diplomata do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, formada em Direito Internacional pela USP - Universidade de São Paulo, informações que constam em seu perfil no facebook. Ela compôs seu livro mediante intensas pesquisas, inclusive uma vistoria pessoal aos registros originais das obras e documentos do codificador espírita no departamento dos Arquivos Nacionais da França e da BnF - Biblioteca Nacional da França. Conforme sua exposição, pelo vídeo aqui compartilhado, seu propósito é o de contribuir com o resgate histórico do Espiritismo. Os direitos autorais do seu livro "El Legado de Kardec" foram doados à CEA.

"El Legado de Allan Kardec" ainda não tem tradução para o português e pelo que apuramos não está à venda em nenhuma livraria ou site especializado aqui no Brasil.


Continuaremos acompanhando os desdobramentos desse trabalho e tentaremos contato com a autora para mais detalhes sobre sua relevante pesquisa.

sábado, 16 de dezembro de 2017

Livro SEXO E DESTINO vai ganhar adaptação para o cinema


O site oficial da FEB - Federação Espírita Brasileira noticia a adaptação para o cinema do livro Sexo e Destino, ditado por André Luiz à psicografia de Chico Xavier e Waldo Vieira.

O filme será produzido pela Estação Filmes. O contrato com a concessão dos direitos da FEB à produtora foi assinado no dia 6 deste dezembro. A produtora foi representada por Sidney Girão, Eduardo Girão e Fernando Lobo, enquanto que a Federação Espírita Brasileira foi representada pelo seu atual presidente, Jorge Godinho.

Sexo e Destino é uma obra da mesma série "A Vida no Mundo Espiritual" inaugurada pelo clássico Nosso Lar, que já foi parar nas telonas, em 2011, e alcançou grande sucesso de público e crítica.

Vamos torcer para que o novo enredo seja, á exemplo do filme Nosso Lar, seja bem produzido, com um roteiro bem correspondente à obra literária e, claro, alcance sucesso e contribua para a propagação dos conceitos espíritas.

Baixe o livro Sexo e Destino da nossa Sala de Leitura.

Fonte: FEB

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Novo verbete da Enciclopédia Espírita Online: William Crookes


Um importante personagem para a causa espiritualista acaba de entrar para a Enciclopédia Espírita Online: Sir William Crookes.

Veja a apresentação do novo verbete:
William Crookes (Londres, Inglaterra, 17 de junho de 1832 - Londres, 4 de abril de 1919) foi um notável físico e químico britânico que, por suas grandes contribuições científicas foi condecorado com o título da Ordem do Mérito (Order of Merit) e honorificado Sir, Cavaleiro Real do Império Britânico, tendo sido membro da Sociedade Real de Ciências (Royal Society) e dela foi presidente entre os anos 1913 e 1915. Foi uma espécie de representante da comunidade científica que, diante dos extraordinários fenômenos que deram origem ao Espiritualismo Moderno, se viu na necessidade de averiguar a veracidade das supostas manifestações espirituais e dar um posicionamento acadêmico. Crookes investigou pessoalmente os mais célebres médiuns de seu tempo, sob as condições de pesquisa por ele estabelecidas — conforme os mais rigorosos métodos da ciência — e, por conclusão, ele constatou a "existência de uma nova força, conectada com o organismo humano de alguma maneira desconhecida". O relatório final de sua pesquisa acerca da mediunidade foi rechaçado na Sociedade Real e acabou arquivado. Cogitou-se inclusive a desfiliação de Crookes daquela entidade. Contudo, seu testemunho permaneceu inabalado até o fim de sua encarnação, pelo que seu nome é lembrado como um emérito contribuinte da causa espiritual e, ainda que indiretamente, do Espiritismo.


Esta figura notável merece ser prestigiada. Então, não perca tempo e acesse agora mesmo o verbete William Crookes na nossa Enciclopédia Espírita Online.

Não deixe de compartilhar também!

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Em breve, nova produção da Luz Espírita: "Espiritismo à Francesa"


Vem aí mais uma produção da Luz Espírita: um filme-documentário sobre os principais desdobramentos envolvendo o Movimento Espírita original, na França, na passagem do século XIX para o século XX, a partir da desencarnação do codificador do Espiritismo Allan Kardec.

"Espiritismo à Francesa: a derrocada do Movimento Espírita na França pós-Kardec" vem aí para trazer um pouco de luz naqueles tempos tão tenebrosos, quando a Doutrina Espírita se viu em grande ameça frente a tantos desafios.

É, portanto, um grande resgate da historiografia do Espiritismo e um bom subsídio para reflexão do Movimento Espírita atual.

Mais informações em breve.

Aguardem e confiram!

domingo, 10 de dezembro de 2017

"Considerações sobre o Natal" com Divaldo Franco


Qual a origem da célebre canção "Noite Feliz"? Qual o significado dos símbolos natalinos mais comuns? Qual a relevância da celebração do Natal para o Espiritismo?

Estas e outras questões são abordadas pelo respeitado médium e orador espírita Divaldo Pereira Franco, numa das edições do programa Transição, que trazemos aqui para a apreciação de todos.


Curta e compartilhe essas belas mensagens!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Sala de Leitura: lançamento de "ANTOLOGIA MEDIÚNICA DO NATAL" de (Espíritos diversos) Chico Xavier


E no ensejo de mais um mês natalino, em sintonia com a nossa Campanha Natal com Jesus, trazemos aqui o lançamento de mais uma obra literária para a nossa Sala de Leitura: Antologia Mediúnica do Natal, uma série de mensagens e poemas ditado por diversos Espíritos pela psicografai de Chico Xavier.

ANTOLOGIA MEDIÚNICA DO NATAL
(Espíritos diversos)
Francisco Cândido Xavier

Nesta obra se misturam prosa e poesia para focalizarem uma data da cristandade, exaltando a figura de Jesus Cristo.
Vários autores apresentam mensagens natalinas, traduzindo, na forma de letras, seus pensamentos de gratidão e amor. O leitor encontrará meditações em torno do significado do Natal.

Clique aqui e acesse agora mesmo essa bela fonte de inspiração para o "clima natalino" e prepare-se para celebrar mais um aniversário de nascimento de Jesus com estilo e em sintonia com a espiritualidade.

E não deixe de compartilhar!

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Calendário Histórico Espírita: Aniversário de desencarnação de Humberto de Campos


A presente data registra mais um aniversário da passagem de Humberto de Campos, daquela sua jornada reencarnatória para o mundo espiritual.

Ele que, na dimensão terrena, havia sido um notável jornalista e conceituado escritor — tanto que ocupou uma cadeira na Academia Brasileira de Letras —, de retorno à pátria maior, não tardou em mostrar seus dotes de admirável comunicador e, através da mediunidade de Chico Xavier, voltaria a desenvolver suas belas narrativas, agora contribuindo com os apelos do plano de espiritualização da Humanidade, pelo que nos legou obras extraordinárias, a começar pelo livro Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho — um clássico da literatura espírita (veja aqui).

Conheça melhor a vida e a obra de Humberto de Campos na nossa Enciclopédia Espírita Online.


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Calendário Histórico Espírita: Charles Richet


Hoje relembramos o 82° aniversário de desencarnação do cientista francês Charles Richet, prêmio Nobel de Fisiologia e Medicina em 1913,  além de notável pesquisador dos fenômenos espirituais e criador da Metapsíquica, por ele definida como "ciência que tem por objeto a produção de fenômenos, mecânicos ou psicológicos, devidos a forças que parece serem inteligentes ou a poderes desconhecidos, latentes na inteligência humana".

A seguir, um vídeo contendo uma boa descrição da vida e obra de Charles Richet, produzido pela FEBTV:


Saiba mais sobre datas especiais de eventos históricos do Espiritismo na página Calendário Histórico Espírita.

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Campanha "Natal com Jesus"


Campanha "Natal com Jesus"
Portal Luz Espírita está levantando uma campanha para a promoção do verdadeiro significado das festividades natalinas, que é exatamente a comemoração do nascimento de Jesus de Nazaré e Cristo, Messias enviado por Deus para renovar a Humanidade.
Não é, portanto, nenhuma inovação, mas um resgate, uma vez que o sentido desta data tão sublime tem sido deturpada, redirecionando seu significado para propósitos materialistas, ornados com símbolos e slogans totalmente desconexos com esse maravilhoso momento de excelsitude espiritualista.

Vulgarização popular
No lugar da festa cristã, uma verdadeira apologia à comilança e à beberrança; no lugar do aniversariante, o folclórico Papai Noel; no lugar das virtudes, a decoração; no lugar da oração de louvor, a balada dos hits da hora; no lugar do afeto, a distribuição de presentes...
O que temos feito do Natal?
A indústria patrocina os meios de comunicação em massa e propaga sua campanha consumista.
Não que seja de tudo negativo. A comercialização gera empregos, renda, inclusão social.
Mas onde está o limite das pretensões?
É neste sentido que propomos uma nova reflexão para o Natal de Jesus.

Postura espírita diante do Natal
A postura de um espírita é o de um autêntico cristão: se há a tradição de reunião familiar,
troca de presentes, ceia festiva, decoração de árvores, luzes, enfeitos, Papai Noel e tudo mais,
não há problema, desde que o sentido primordial seja preservado: o aniversário de Jesus.
Além disso, é interessante observar esse momento comum de maior fraternidade
para um reflexão mais espiritualista, como que a fazer dessa festa um encontro ou reencontro mais aproximado com o Messias, e ainda, pensando também nos nossos irmãos, aproveitar para se engajar em campanhas de solidariedade e evangelização, já que a atmosfera vibratória em torno da Terra fica mais favorável nesse período.
Portanto, passemos o Natal dentro das circunstâncias que se apresentam, mas sempre colocando nosso Mestre como nossa companhia principal. Numa palavra, passemos o Natal com Jesus.



Mais detalhes na página Campanha Natal com Jesus

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Lançamento na Sala de Leitura: "O Espiritismo na Arte" de Léon Denis


Temos a satisfação de anunciar o lançamento de mais um título em nossa Sala de Leitura. E não é qualquer livro, não! É uma obra do nobre filósofo e escritor espírita Léon Denis, o apóstolo de Allan Kardec.

Veja a sinopse:
O ESPIRITISMO NA ARTELéon Denis
Neste trabalho, Léon Denis conceitua Arte e explica, detalhadamente, o mecanismo da inspiração, procedimento de transmissão da luz divina, e o importante papel que ela tem desempenhado, em todos os tempos, na evolução das artes e do pensamento. Nele, o mestre também inclui e comenta dez comunicações do Espírito que se autodenomina o Esteta e cinco do Espírito Massenet, verdadeiras lições sobre o tema Arte.
A obra foi elaborada com base em uma série de escritos por Léon Denis em 1922, para a REVUE SPIRITE (REVISTA ESPÍRITA francesa, fundada por Allan Kardec), na qual se tratava da questão do bela nas diversas formas de arte (arquitetura, pintura, música, literatura, etc.). 
Veja-se então o valor desta obra, especialmente nos dias atuais, por ocasião de ardentes debates sobre o conceito da Arte, sua função, seus limites e aplicações, como levantamos no artigo "Arte, nudismo, pedofilia, censura e outras polêmicas".

Portanto, não perca tempo e acesse agora mesmo o livro "O ESPIRITISMO NA ARTE" na nossa Sala de Leitura.

E não esqueça de compartilhar!

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Novo verbete na Enciclopédia Espírita Online: "Desencarnado"


A nossa Enciclopédia Espírita Online acaba de ganhar mais um verbete: "Desencarnado".

Saiba qual o real significado dessa expressão e a quem ela se aplica.

Clique aqui para ver o novo verbete.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Calendário Histórico Espírita: aniversário de nascimento de Madame Kardec


Celebramos hoje o 222° aniversário de nascimento da saudosa memória de Amélie-Gabrielle Boudet, a Madame Kardec, esposa do codificador Espírita.

Mas, grande erro seria pensar, com isso, que a lembrança e carinho que nós espíritas conservamos de Madame Kardec seja puramente por ela ser a cônjuge de Allan Kardec. Absolutamente não. A memória dessa femme forte vai muito mais além, afinal, ela foi, de fato, uma grande personagem para a codificação e propagação do Espiritismo na sua primeira geração.

Amélie Boudet, a Madame Kardec

Conheça a biografia de Amélie-Gabrielle Boudet na Enciclopédia Espírita Online.

Confira o vídeo produzido pela Arte Espírita, distribuído pela FEB, sobre a vida e obra de Madame Kardec.


Recomendamos também o livro "Madame Kardec: a história que o tempo quase apagou" do pesquisador espírita Adriano Calsone, disponível na loja da Candeia.

E, diante dos inestimáveis esforços de Madame Kardec em prol da Doutrina Espírita, o mínimo que cabe emitir nesta data especial é uma prece de agradecimento e um abraço espiritual para ela.


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Mensagem do Espírito Bezerra de Menezes no CFN 2017, por Divaldo Franco


O site da FEB - Federação Espírita Brasileira divulga a transcrição de uma mensagem do Espírito Bezerra de Menezes por intermédio do médium Divaldo Franco, por ocasião do encerramento da reunião do Conselho Federativo Nacional da FEB, realizada em Brasília em 12 deste novembro.

Eis a mensagem do Dr. Bezerra:


VIGILÂNCIA E FIDELIDADE DA ÚLTIMA HORA

Filhos, filhas, todos da alma!

Metamorfoseando-se, o materialismo penetra em todos os ramos do conhecimento humano e as religiões não escapam da sua habilidade camaleônica, permitindo-se os métodos perturbadores das necessidades corporais do ser humano no seu processo de evolução.

Indispensável a vigilância para não nos deixarmos engambelar pelas sereias sedutoras nos seus cânticos que fascinam, entorpecem e aniquilam a esperança.

Jesus, não poucas vezes, teve que enfrentar a argúcia do materialismo disfarçado, das manifestações farisaicas que se apresentavam vestidas de traje impecável quais sepulcros de branco caiados, ocultando cadáveres em decomposição.

Allan Kardec, não poucas vezes, viu-se sitiado pelas manobras maniqueístas do Mundo Espiritual inferior através de companheiros da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, sendo, no entanto, fiéis aos postulados do Espírito de Verdade.

Na atualidade, de sofreguidão e de tormento, o ser humano procura uma forma de escapar das provações necessárias ao seu processo evolutivo, e não raro são atraídas essas almas para as propostas equivocadas do deus Mamon, e Mamon deísta que fascina, embriaga os invigilantes e os precipitados.

Indispensável a nossa fidelidade aos postulados espíritas conforme exarados na Codificação. O mundo estertora, não pela primeira vez. Periodicamente, conjugam-se fatores cósmicos que se tornam sociológicos e ético-morais, sacudindo as civilizações e empurrando-as para o aniquilamento, para logo surgir um período de esperança e de paz.

Às vésperas da grande transição planetária já iniciada desde há muito, atingimos o clímax que nos pede sacrifício e honradez. Quantos desertam na hora do testemunho! Quantas almas fragilizadas pela sua constituição emocional e espiritual, atraídas pela doçura do Homem das Bem-Aventuranças, mas que não suportam o ferrete do padecimento humano e optam pela desistência mais uma vez!

Somos alguns deles que retornamos, ouvindo o convite de Jesus para a mansuetude, para a misericórdia, para a autoiluminação e tendo baqueado ontem, encontramo-nos necessitados da redenção, tropeçando nas próprias mazelas, correndo o risco da desistência perigosa. Tenhamos cuidado para que os encantos rápidos do mundo não nos distraiam tanto.

Algo temos que fazer e o Mestre Incomparável pede-nos fidelidade da última hora. A noite desce e a treva não se faz total porque as estrelas do amor brilham no cosmo das reencarnações.

Este é momento grave, filhas e filhos do coração, e vós tendes a oportunidade de O servir como dantes não lograstes.

Tornai-vos fortes ante a debilidade das forças. Sede fiéis diante das facilidades do comportamento. Por mais longa seja a existência física, ela se interrompe e o ser volta à realidade, à Casa Paterna, com os valores que acumulou durante a trajetória física.

Bendireis amanhã as dificuldades de hoje, as noites, quiçá indormidas, de preocupações e de zelo, porque o pastor se preocupa especialmente com as ovelhas que tresmalham e deveis estar atentos para essas ou para aquelas que são lobos travestidos de cordeiros em nosso meio, ameaçando a estabilidade do rebanho.

Jesus recomendou-nos a vigilância para, depois, a oração. Sede prudentes como as serpentes, sábios como as pombas, parafraseando o Evangelho, e estai vigilantes, porque amigos vossos de ontem, que se encontram conduzindo as leiras do Espiritismo com Jesus abrem as portas imensas da Imortalidade para que as atravesseis em triunfo e em glória.

Bendizei, portanto, as dificuldades que também experimentamos quando estávamos na indumentária carnal. Ninguém em caráter de exceção. Quantas vezes choramos convosco, abraçando-vos e dizendo-vos: “bom ânimo, crede e perseverai”, recordando-nos de Paulo, sob as ruinas da acrópole antiga em Atenas, renovada, ouvindo as vozes espirituais depois do insucesso da sua pregação aos gregos que ele tanto amava. E ele soube esperar, trabalhar, insistir e amar, fazendo que depois Atenas recebesse o divino pábulo do Evangelho e o legado sublime de Jesus.

Estamos em uma nova Atenas, que teima em não nos aceitar, em substituir Jesus pela tradição dos velhos deuses de Dionísio a Momo, de Baco às expressões mais vis do humano comportamento.

O triunfo, sem dúvida, é de Jesus. Ide e pregai com o exemplo, vivendo o Evangelho a qualquer preço, não conforme as teologias, mas de acordo com a ética moral de que se utilizou Allan Kardec para perpetuar esse modelo e guia da Humanidade que nos conduz!

Ide, amados! Antes, servos e, agora, irmãos do Mestre em triunfo, na Era de Luz que se iniciará em madrugada próxima, logo seja terminada a noite de trevas.

Mantende-vos em paz e amai, ajudando-vos uns aos outros nas suas debilidades e fraquezas, pois que são eles que precisam do vosso auxílio para também atingirem a meta.

O Senhor da Vida irá conosco.

Muita Paz, filhos do coração e filhas da ternura!

São os votos dos espíritos-espíritas, por intermédio do servidor humílimo e paternal de sempre,

Bezerra.
(Mensagem psicofônica ditada pelo Espírito Bezerra de Menezes ao médium Divaldo Pereira Franco, no encerramento da Reunião Ordinária do Conselho Federativo Nacional, realizada em Brasília, em 12 de novembro de 2017. Texto revisado pelo autor espiritual.)

Fonte: FEB

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Programa Evangelho no Lar Online ao vivo


Nesta quinta-feira, às 20h (horário de Brasília), tem mais uma edição ao vivo do Programa Evangelho no Lar Onlineo nosso encontro familiar com Jesus e toda a espiritualidade, para um momento de reflexão, aprendizagem e confraternização espiritual em torno da Boa Nova trazida pelo Mestre de Nazaré, à luz do Espiritismo.

As videotransmissões são feitas ao vivo via YouTube e você pode acompanhá-las pelo link do YouTube Live, pela página inicial do nosso Portal Luz Espírita.

Participe conosco e nos ajude na divulgação.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

"Alerta dos cientistas do mundo para a humanidade: um segundo aviso" - a vida na Terra está ameaçada!


15 mil cientistas de 184 países assinaram uma carta aberta denominada "Alerta dos cientistas do mundo para a humanidade: um segundo aviso" e publicada pela revista científica BioScience (ver em inglês), revelando uma visão ainda mais pessimista da comunidade científica em relação aos rumos do planeta Terra no tocante a sustentação do ecossistema. Para os cientistas, as ameaças à vida terrena estão se recrudescendo e fazem previsões alarmantes para catástrofes ambientais. Essa publicação é uma reedição do alerta "Alerta para a humanidade" emitido em 1992, portanto há 25 anos, pela Union of Concerned Scientists então corroborada pela assinatura de 1,7 mil cientistas de todo o mundo.


E se aquelas previsões da primeira publicação já eram assustadoras, o teor da reedição é alarmante, justificado pelo aumento desordenado da população mundial (cerca de 35%, em comparação com o total populacional do nosso orbe em 1992), o estrangulamento dos recursos naturais para atender a um crescente consumismo (especialmente de produtos, digamos, não tão necessários), o aquecimento global e as constantes emissões de carbono geradas pelo uso de combustíveis fósseis, bem como as práticas agrícolas não sustentáveis, o desmatamento, a falta de água doce, a perda de vida marinha e as crescentes zonas mortas dos oceanos, dentre outras causas.

As primeiras consequências mais visíveis, segundo os estudiosos, são o desequilíbrio climático (seca, enchentes, etc.) e a extinção de espécies de vida importantes para o equilíbrio do ecossistema. "Desencadeamos um evento de extinção em massa, o sexto em cerca de 540 milhões de anos, em que muitas formas de vida atuais podem ser aniquiladas ou, ao menos, estar fadadas à extinção até o final deste século" — traz a publicação.

Ao lado do alerta, a carta propõe 13 medidas para contenção dessas ameaças, incluindo ampliar o acesso aos métodos contraceptivos, "estimar um tamanho de população humana sustentável e respaldado cientificamente a longo prazo" e mobilizar "nações e líderes para apoiar esse objetivo fundamental". Outras medidas incluem promover dietas à base de plantas e energias renováveis, e ao mesmo tempo eliminar os subsídios para combustíveis fósseis. A desigualdade de renda deve ser corrigida e "os preços, a tributação e os sistemas de incentivo (devem) levar em conta os custos reais que os padrões de consumo impõem ao nosso meio ambiente".


A comunidade científica salienta nesta carta: "Para evitar a miséria generalizada e a perda catastrófica de biodiversidade, a humanidade deve praticar uma alternativa mais sustentável aos negócios". E sentencia peremptoriamente: "Em breve, será tarde demais para mudar o curso da nossa trajetória fracassada, e o tempo está acabando".


Resposta política

Não sabemos, até o fechamento desta postagem, de qualquer repercussão dessa carta reeditada no meio político. Desconhecemos qualquer pronunciamento de qualquer autoridade a respeito desse novo alerta científico. Contudo, e infelizmente, não há muito otimismo por parte dos ambientalistas em relação ao comprometimento dos líderes mundiais. A preocupação mais urgente destes tem sido a solução dos problemas econômicos de suas nações, em detrimento da responsabilidade que lhes cabe quanto ao futuro do nosso mundo.

Os esforços têm sido muito poucos e, por vezes, sofrido reveses lamentáveis. O mais recente — e mais retumbante — é o que está sendo protagonizado pelo atual presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, que declara abertamente o desinteresse em cumprir o Acordo de Paris, assumido pelo seu antecessor, Barack Obama. O Acordo de Paris é um tratado no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCCC - sigla em inglês), que rege medidas de redução de emissão dióxido de carbono a partir de 2020, do qual o Brasil também é signatário. O acordo foi negociado durante a COP-21, em Paris e foi aprovado em 12 de dezembro de 2015. O líder da conferência, Laurent Fabius, ministro das Relações Exteriores da França, disse que esse plano "ambicioso e equilibrado" foi um "ponto de virada histórica" na meta de reduzir o aquecimento global.

Chefes de delegações na COP-21, em Paris

Em 1992, ano da publicação da primeira carta-alerta, o Brasil sediou um evento de grande apelo para a questão ambiental mundial: a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, que também ficou conhecida como Eco-92. Porém, apesar daquela conferência ter reunido grandes chefes de estado, entre os dias 3 a 14 de junho de 1992 na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil, gerando grandes expectativas nos ambientalistas, os resultados práticos são quase nulos e, conforme reafirma esta nova carta científica, as ameaças são crescentes.

Além dos interesses econômicos dos grandes investidores, que acabam influenciando — e muito — os rumos políticos dos países, não deixa de haver, do próprio seio acadêmico, vozes discordantes dessas previsões pessimistas. Alguns especialistas dizem que há uma supervalorização das questões ambientais e defendem que a Natureza terrena é cíclica e dinâmica, capaz de se ajustar a todas as circunstâncias que se lhe recaem. Portanto, segundo eles, os próprios recursos naturais se adequam com justeza ás ações do homem e, apesar dos contratempos e conturbações que esses reajustes naturais causam, o planeta sabem moldar-se automaticamente e sempre para melhor, não havendo possibilidade de fatalidade geral. Eles defendem ainda que o desaparecimento de espécies e o surgimento de outras são fenômenos absolutamente normais e até salutares. Dizem enfim que esse processo evolutivo, embora penoso para alguns povos, é natural, necessário e bom para a sustentação do planeta.



Projeções sob uma ótica espírita

O planeta Terra é um dos mundos na imensidão do Universo destinado a ser habitat para Espíritos em evolução, servindo de laboratório físico para as aquisições intelectuais e virtudes morais dos seus habitantes. A diversidade das condições geográficas (desertos, pântanos, sertões áridos, savanas, montes gélidos, etc.) aqui existente propicia variadas experiências para as provas reencarnatórias dos seres visando o seu crescimento espiritual.

A Natureza física é ainda um instrumento didático para a disciplina psicológica da humanidade. Pela observação do ecossistema e dos recursos naturais, os homens então encontram inspiração para a resolução de suas questões íntimas e desenvolvem sua espiritualidade. Portanto, a integração do homem e a Natureza é uma ferramenta didática magnífica.

Entretanto, como os seres inteligentes da criação dispõem de seu livre-arbítrio, cujo grau é relativo ao seu desenvolvimento intelecto-moral, não resta dúvida de que este, como senhor governante do meio ambiente, é apto tanto a contribuir para a evolução do seu próprio habitat, quanto para danificá-lo — como o tem feito, a exemplo desta publicação científica que nos alerta sobre a má ação humana contra os recursos naturais planetários. E, como é lógico, não há como deixarmos de pensar na responsabilização dessas más ações. E sabemos igualmente que a lei de justiça divina é inexorável: todos os mal feitores sofrem os reflexos de sua conduta imprudente — desde as mínimas agressões à Natureza.

Todavia, é plausível que se questione se, de fato, o homem seria capaz de destruir as condições vitais para a sua reencarnação na Terra, seja pelos prejuízos que tem acumulado contra o ecossistema, ou seja por um ato ainda mais fatalista, por exemplo uma sequência de acionamento de bombas atômicas numa possível terceira guerra mundial. Será que isso poderia acontecer? A espiritualidade permitira tal catástrofe?

Bem, não podemos dizer que sim ou que não, mas podemos ponderar com segurança que a evolução dos Espíritos que ora gravitam no orbe terreno deverá continuar, seja na Terra, seja em qualquer outro planeta. A necessidade nos impõe a reencarnação e esta se dará, de um jeito ou de outro, aqui ou em qualquer outro lugar no Universo. Não há que temermos esse "apocalipse científico". Para um materialista, claro, que acredita que a vida e existência dos seres inteligentes requer a organização da matéria de nossa dimensão, a extinção da espécie humana terrena significaria o fim de tudo. Nós espíritas, por nossa vez, sabemos que a existência independe da matéria e muito menos depende das condições da organização deste pequeno planeta azul e insignificante em face da grandeza do Cosmos. Somos Espíritos imortais de uma natureza superior à dimensão física deste mundo. Por isso, não há que temermos pela fatalidade prevista pela comunidade científica.

Por outro lado, não podemos desdenhar o alerta dos especialistas e devemos nos conscientizar das responsabilidades de cada um de nós nesse processo de degradação da Natureza, afinal, somos todos agentes dessas forças econômicas e políticas que tanto tem agredido ao nosso meio ambiente. O apego exagerado aos bens materiais e o consumismo desenfreado são fenômenos globais. Quem pode dizer-se totalmente isento dessa cadeia viciosa de consumo?

Daí porque esse alerta deve ser bem refletido por cada um de nós com todo o cuidado e franqueza.

A título de subsídio para uma reflexão mais apurada sobre as questões então oferecidas neste post, com enfoque nas propostas do Espiritismo para nossa conduta, sugerimos a publicação que fizemos aqui em fevereiro de 2014, trazendo uma videopalestra com o jornalista espírita André Trigueiro, com um enfoque especial sobre "Ecologia na obra de Chico Xavier" (veja aqui).


E, evidentemente, recomendamos com especial atenção a obra pela qual o codificador espírita, Allan Kardec, melhor desenvolveu a temática científica: o livro A Gênese (leia online ou baixe aqui).

Fonte G!